Campanha da Fraternidade 2017

Campanha da Fraternidade 2017
Biomas Brasileiros e a Defesa da Vida Cultivar e Guardar a Criação

Ao olhar o céu a noite é possível ver uma infinidade de estrelas pontilhadas que nos da uma ideia da grandeza da criação. O universo é formado por um pó cósmico e possui milhões e milhões de galáxias. Estas galáxias contém milhões e milhões de estrelas, de todos os tamanhos e brilhos.

“E o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu” (Eclesiastes 12:7)

Este pó que nos fala a bíblia é cientificamente comprovado. Cada um de nós, nossos ossos, nossos braços, nosso cérebro e todo o nosso corpo são feitos de partículas de estrelas vermelhas. Nós somos uma minúscula parte de um universo forma de teia teia, aonde tudo está interligado.

Como bem escreveu o Papa Francisco em sua encíclica Sobre o Cuidado da Casa Comum: “Tudo esta relacionado e todos nós, seres humanos, caminhamos juntos como irmãos e irmãs, numa peregrinação maravilhosa…unidos também, por terna afeição, ao irmão Sol, à irmã Lua, ao irmão rio e a Mãe Terra” (n.92).

A escolha do tema da Campanha da Fraternidade (CF) deste anodeste ano tem como tema “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida” e o lema “Cultivar e guardar a criação”. Há portanto uma continuidade cuja  proposta está em sintonia com a Encíclica do papa Francisco, “Laudato Si” e  total conecção e continuidade ao tema escolhido em 2016 que foi  “Casa comum, nossa responsabilidade” e o lema “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca” do livro de Amós 5.24. Este ano,a campanha da fraternidade.

A CF 2017 mostra ariqueza dos biomas brasileiros, suas diferenças, a variada biodiversidade, suas belezas e seus problemas, além de ressaltar  a importância que eles tem para a vida no planeta. A maior reserva de água doce do planeta está no bioma Amazônia, a caixa d’água do Brasil está no bioma Cerrado, a imensa biodiversidade está por todos os biomas, mas nos encanta ao ver que em biomas de realidades tão extremas, como a Caatinga e oPantanal, a vida se adapta e se supera. Há ainda a Mata Atlântica, ameaçada pela urbanização e os Pampas cantado em versos pelos Engenheiros do Havaí.

Se for preciso, eu volto a ser caudilho
Por essa pampa que ficou pra trás
Porque eu não quero deixar pro meu filho
A pampa pobre que herdei de meu pai
(Engenheiros do Havaí)

Os biomas se relacionam entre si e como acontece em todo o universo,há uma forte dependência entre eles. Exemplo distosão as chuvas no Sul do Brasil que dependem dos rios voadores da Amazônia e as águas subterrâneas, aquelas dos aquíferos, elas são infiltradas no Cerrado aonde as árvores estão de cabeça para baixo, pois possuem mais raízes do que copa facilitando a infiltração da água da chuva e formando reservatórios naturais de onde nascem os principais rios brasileiros.

Seguramente a criação nos oferece muitas razões para nos enchermos de admiração, de respeito e veneração pela sua beleza, grandeza e majestade de tudo o que existe e vive, do universo e especialmente da Mãe Terra, nossa Casa Comum.

Em 2017 somos convidados a refletirsobre toda esta beleza e a maneira como temos cumprido  a missão que Deus nos deixou no livro do Gênesis:
O Senhor Deus colocou o homem no jardim do Éden para cuidar dele e cultivá-lo. (Gênesis 2:15) 

Como cristãos é nosso dever cuidar da criação de modo especial dos biomas brasileiros, dons de Deus, e promover relações fraternas com a vida e a cultura dos povos à luz do Evangelho. Deus nos confia uma tarefa nobre e complexa. Cuidar da criação exige mais do que ter consciência ambiental e ecológica, é preciso uma conversão de valores no modo de ser, sentir, produzir e consumir.

Francisco de Assis intuiu, lá no século 13, que somos todos irmãos, filhos do mesmo Deus criador do Universo e da Terra. O Cântico das Criaturas retrata muito bem esta inspiração:
Altíssimo e onipotente Bom Senhor
Teus são os louvores, a glória a honra e toda a bênção
A Ti somente, Altíssimo, eles convém
E nenhum homem é digno de te imitar
Louvado sejas, meu Senhor, com todas as Tuas criaturas
Especialmente o senhor irmão Sol…

 Neste ambiente de conversão e de fraternidade, aproveitemos a quaresma deste ano para nos colocar em sintonia com a natureza, divina criação de Deus e nos tornemos cuidadores da divina obra, cientes de que para cuidar é preciso abrir o coração e mais do que tudo, é preciso amar. Somente cuida, quem de verdade ama.

Assim seja.
Paz e Bem
Por: Kleber Vanolli

Deixe uma resposta